terça-feira, 30 de setembro de 2008

Tks

Às vezes, a gente não percebe como consegue iluminar o dia de outra pessoa apenas sendo a gente mesmo. Eu realmente tenho essa sorte, de estar rodeada por pessoas tão especiais, que aparecem de repente e, mesmo sem perceberem, conseguem transformar os dias chuvosos e as maiores tempestades em manhãs ensolaradas e tardes azuis, nas quais posso sentir o calor na pele e o vento batendo no rosto. E isso dá aquela sensação de que realmente vale a pena viver.

Um comentário:

Velho Santiago disse...

eu me sinto feliz no frio, em dia de chuva. às vezes, nem sempre. Fiquei feliz domingo, às 8h, com chuva e friu, quando ouvi um passarinho e o procurei e o achei e o fotografei e o postei no Velho. E eu ainda esta TRABALHANDO! [reforçando: era DOMINGO]